Como criar um treinamento para motoristas escolares

tempo de leitura: 4 minutos

A capacitação da equipe de Transporte Escolar é fundamental para qualidade do serviço. Confira a temática de treinamento e como cria-lo.

Estar à frente da condução de passageiros é uma grande responsabilidade. Quando esses passageiros são crianças, a responsabilidade é dobrada. Nessa direção, o treinamento qualificado de condutores se torna cada vez mais exigido.

Como gestor é sua função conscientizar os profissionais de sua frota. Explicite os padrões de qualidade exigidos para o serviço. Crie módulos básicos e avançados. É o que discorreremos ao longo deste post.

Por que investir na capacitação dos motoristas escolares?

A falta de qualificação e preparo de condutores é uma das reclamações comuns do Transporte Escolar. A imprudência ainda é alta nesse tipo de serviço, causando acidentes no trânsito.

Desta forma, corrigir falhas ou lapidar as habilidades do seu time pode significar melhorias relevantes na sua frota. Isso facilita a sua gestão, reduz situações indesejadas e melhora a relação com seus stakeholders.

É mais segurança para os alunos, para você e para os próprios motoristas. Através dessa medida, você agrega valor a sua gestão, conquistando uma imagem positiva.

E os motoristas também se beneficiam com mais uma qualificação em seu currículo. O que aumenta o interesse dos profissionais em participar de sua equipe. E gera um ambiente colaborativo.

Leia também: Como melhorar a Gestão de Transporte Escolar.

Como-criar-um-treinamento-para-motoristas-escolares-O-que-considerar-no-treinamento-dos-condutores

O que considerar no treinamento dos condutores

O recomendável é que os diretores de transporte direcionem o treinamento em módulos. Divida a capacitação em nível básico e avançado. Assim, você pode obter maior aproveitamento e evoluir o Transporte Escolar de sua rede.

Além dos módulos, é fundamental pensar em ferramentas capazes de facilitar as operações. Tanto na sua gestão quanto no trabalho dos motoristas. Nesse sentido, os aplicativos para Transporte Escolar são a grande tendência.

Os apps proporcionam melhor comunicação entre a gestão, condutores e pais. Também facilitam e otimizam a execução das rotas. Além de proporcionar maior segurança e permitir medidas de emergência. Isso significa prevenção dobrada para os alunos e para o próprio motorista.

Leia também: Tendências para a Gestão de Transporte Escolar.

Como-criar-um-treinamento-para-motoristas-escolares-Nível-básico

Nível básico

O nível básico do treinamento para motoristas escolares abrange aspectos técnicos de direção. As aulas podem ser dividas em:

  • Segurança do transporte
  • Condução defensiva
  • Lidando com o tráfego rodoviário
  • Dirigindo com chuva
  • Dirigindo em estradas precárias
  • Dirigindo em cidades

Após a evolução desse cronograma, é fundamental medir o aproveitamento do treinamento. A avaliação é essencial para garantir o comprometimento e aprendizado dos participantes.

Como-criar-um-treinamento-para-motoristas-escolares-Nível-avançado
Foto By Vanconinc (Own work) [CC BY-SA 4.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)], via Wikimedia Commons

Nível avançado

O treinamento avançado deve corrigir resquícios de falhas na sua equipe de condutores. É um estágio de aprimoramento. Por isso, você deve monitorar o Transporte Escolar constantemente. Apenas através desse monitoramento você terá base para analisar o desempenho da sua frota.

Estes são os possíveis temas avançados:

  • Disciplina no trânsito
  • Disciplina no Transporte Escolar
  • Sistemas de segurança para crianças no Transporte Escolar
  • Introdução ao Trackeamento de passageiros / alunos
  • Como evitar a direção distraída
  • Embarque e desembarque de alunos com necessidades especiais
  • Segurança para cadeira de rodas
  • Segurança para vans, kombis, micro-ônibus e ônibus escolares

Aprenda aqui: Trackeamento de alunos — o que é e como funciona.

Como-criar-um-treinamento-para-motoristas-escolares-Como-estruturar

Como estruturar o treinamento de motoristas escolares

A tecnologia está facilitando a criação de certificações específicas para diferentes instituições. Deste modo, você pode pensar em uma estrutura mista. Distribua online o que for possível, em uma plataforma EAD — Educação a Distância.

Atualmente, existem no mercado diversas opções de plataformas EAD. Elas costumam ser simples e fácil de personalizar. Melhor ainda, seus motoristas escolares podem acessar o conteúdo de qualquer lugar. Pelo celular, tablet ou computador.

Outro aspecto que você precisa planejar é o material utilizado para as aulas. Uma boa dica é adotar vídeo-aulas e disponibilizar a transcrição para download em PDF. Também disponibilize para os usuários apostilas com todo o conteúdo do treinamento. Não esqueça ainda de indicar leituras e materiais complementares. Incentive a busca pelo conhecimento!

O mais importante é buscar instrutores especializados. Priorize a segurança dos alunos, conscientizando sempre os condutores escolares. Pense em uma linguagem pedagógica, de fácil absorção. Crie empatia e aproxime os motoristas das necessidades do Transporte Escolar.

Você também pode gostar de: Como a Tecnologia mudou (para melhor) o Transporte Escolar.

Desta forma, você criará uma gestão sadia e exemplar. Suas frotas serão eficientes, preparadas e qualificadas. Isso será um diferencial e impactará positivamente para a segurança dos alunos.

Portanto, invista na capacitação do seu time. Comece pelo básico e faça ajustes constantes. Reforce as normas para o Transporte Escolar. Adote sistemas completos de gestão e segurança, como o Trackeamento de passageiros. Tudo isso torna o Transporte Escolar melhor para todos — o que deve ser sempre a sua missão como gestor.

Este post foi útil para você? Deixe um comentário e nos conte um pouco de sua experiência. Nós queremos aprender junto com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *